sexta-feira, 27 de setembro de 2013

O tolo e a iluminação




          Um dos possíveis significados para o tolo em nossa sociedade moderna seria a de que esta pessoa não consegue viver num mundo competitivo, ou seu pouco ou nenhum desejo pelo acumulo de dinheiro. Talvez sejam como crianças em meio ao caos dos adultos. Seu foco pode parecer nulo e uma palavra como ambição perdida nos confins dos seus gestos e atos.


      Os filmes embora como metáforas podem ( e muitas vezes) devem refletir estados de nosso grandioso mistério nesse universo. Quer sejamos carbono ou espirito é sempre interessante notar alguns filmes que tem como qualidade desbravar novos conceitos e retirar o véu da nossa vista.

 Forrest Gump é um desses filmes.



http://www.blogueirashame.com.br/2012/04/pose-lyndra-do-dia.html#.UkXheoZwofo




            Não vou ficar aqui falando do filme, visto recentemente numa madrugada divertida, porem o que mais me chamou a atenção a ele, é o fato de se tratar de um tolo, o personagem principal. 

           Nas minhas peregrinações pela rede encontrei um vídeo de Eckhart Tolle, escritor alemão de livros sobre iluminação espiritual, e eis que num dos vídeos dele, ele fala justamente sobre o Tolo e a Iluminação.

        O vídeo começa com uma pergunta bem simples: "Pode um tolo alcançar a iluminação ?"  O resultado por vezes, seja a ser engraçado, quando Eckhart trabalha com a resposta, contudo existe ali algo mais profundo, quem sabe facilitado no próprio filme:






" Eu to te explicando pra te confundir, eu to te confundido pra te esclarecer, to iluminado pra poder cegar, to ficando cego para poder guiar"                        Tom Zé




Plaz Mendes