sexta-feira, 18 de julho de 2014

Eu sou covarde


http://www.meionorte.com/


Sinto muito, te amo, sou grato me perdoe.


Eu sou covarde

Sou covarde por que tenho medo das experiências que me cercam como se alguém de súbito fosse me atacar ou perceber minha fraqueza.

Onde esta minha coragem de criança?

Eu sei que ela esta aqui dentro, em algum lugar, perdida naquela montanha ao longe. Toda vez que vejo sinto vontade de escalar.

Sei que já entrei numa luta perdida.

Sei já que já joguei em abismos;

São recordações daquele homem modelo distante que possuo dentro de mim.

Não o veneras

Não o afastaras

Não mataras

Agora compreendo a ideia do deus interior.

A iluminação

E o caminho do guerreiro.

Todos martelando a mesma coisa, quebrar o ídolo.

De nossas vidas.

E ver surgir seu verdadeiro ser.

Apenas ele pode ver deus.

Como em cada nota de uma melodia.

E não como algo separado, externo. Uma fuga.

Eis o amor.

Amas a ti mesmo.

Amas o verdadeiro.


E não a falsa sombra que vive na caverna.


por Thiago Mendes