quarta-feira, 29 de maio de 2013



http://fantasticocenario.com.br/2012/11/01/forcas-do-destino/#more-9573




     Ele estava ansioso, pois finalmente iria se encontrar com um mestre de verdade. Havia marcado o encontro num pequeno jardim da cidade. A impaciência o incomodava e eis que de um dos lados da praça surge um sujeito vestido de forma usual, quase sua idade, um pouco feio. Se aproximou dele e lhe disse:

_ Você é mais cego do que imaginava, volte outro dia!

Alguns dias depois novamente o esperava no jardim, dessa vez o tempo parecia não ter fim e acendia um cigarro atrás do outro, quando o mestre chegou perto dele falou:

_ Você fuma então não é senhor de si mesmo, volte depois!

Largou o cigarro em menos de uma semana e correu para o encontro quando o mestre apareceu ao longe e gritou:

_ Você largou o cigarro apenas por que pedi, é mais vaidoso do que imaginava volte depois!

Ficou puto de raiva, sua mente perturbava-lhe com vozes dizendo:

_ Lhe avisei, ele não é mestre...Volte a fumar idiota...fez um esforço para nada....

Mas ele manteve a retidão e voltou alguns meses depois no mesmo jardim, sem preocupações de tempo, desejo e imagens. Sua mente se silenciou. O mestre apareceu e caminhou junto dele e disse:

_ É mais sensato do que imaginava!

E deu alguns passou, olhou para trás e o chamou:

_ Venha temos muito o que conversar ...

E com o mestre ele foi.


Thiago Mendes


Mudrasavra