terça-feira, 28 de julho de 2015

Gonzalo Martinez # 4




Então : Segunda parte

Seguindo: Terceira parte



  Gonzalo aparentava entre cinquenta e sessenta anos, mas não seria nenhuma surpresa se acaso tivesse mais. Era um homem corpulento, com duas armas que pareciam velhas demais para um dia serem usadas.Estava acompanhando de uma mulher jovem e feia, com dentes meio podres que ficava rindo a cada novo gole de tequila.
Gonzalo ou como alguns aqui o chamam General, senta-se ao meu lado e pergunta se estou aqui por causa das terras indígenas que o filho da puta do Prefeito pretende vender.

Surpreso o explico que nada sei sobre esse assunto e que na verdade era um cineasta na cidade por motivo de férias e curiosidade sobre sua história.


Gonzalo se aproxima próximo ao meu ouvido e sussurra:Suas férias terminaram agora!




Aviso: Os personagens e a história em si são uma obra de ficção e qualquer coincidência é mero acaso. A realidade continua sendo bem mais crua.




Autor: Thiago Mendes

Imagem : Morgue File